Ensaios em agregados


Este ensaio é determinado pela NBR 10341/1988 – ABNT – “Agregados – Determinação do módulo de deformação estático e coeficiente de Poisson de rochas”.

Os corpos de prova para o ensaio são de forma cilíndrica ou prismática regular, com uma relação de altura/aresta ou altura/diâmetro entre 2,5 e 3,0. O ensaio ocorre da seguinte forma:

a) Cuidadosamente, o corpo de prova é centrado na máquina de ensaio. Aplicar uma pequena carga (≅ 0,01 MPa) para pequenos ajustes iniciais. O posicionamento do corpo de prova é conferido, assim como os pratos e rótula em relação à aplicação o dos esforços da máquina;

b) Uma carga é aplicada continuamente, a uma velocidade constante de 0,5 MPa/min a 1,0 MPa/min;

c) A carga e as deformações longitudinais e axiais são registradas a espaços regulares durante o ensaio, caso não sejam registradas continuamente. No mínimo dez leituras devem ser feitas para definir o diagrama de tensão-deformação;

d) As cargas são aplicadas até a ruptura do corpo de prova ou, no mínimo, até 50% da resistência à compressão simples do mesmo.