Inspeção em Cimentos Compostos

Os ensaios de inspeção estão contidos na NBR 11578/1991 – ABNT – “Cimento Portland composto – Especificação”.

O cimento a ser ensaiado pelo consumidor deve ser amostrado de acordo com a metodologia expressa na NBR 5741 e cada lote deve ser representado por uma amostra composta de dois exemplares, com aproximadamente 25 kg cada um, pré-homogeneizados.

Os ensaios devem ser realizados de acordo com os seguintes métodos:

a) resíduo insolúvel – NBR 5744;

b) resíduo insolúvel quando adiciona-se material pozolânico – NBR 8347;

c) perda ao fogo – NBR 5743;

d) trióxido de enxofre – NBR 5745;

e) óxido de magnésio – NBR 5742 ou NBR 9203;

f) área específica – NBR 7224;

g) finura – NBR 11579;

h) expansibilidade – NBR 11582;

i) tempo de pega – NBR 11581;

j) resistência à compressão – NBR 7215;

k) determinação do teor de escória – NBR 5754;

l) anidrido carbônico – NBR 11583;

m) água de consistência da pasta – NBR 11580;

n) índice de consistência da argamassa normal – NBR 7215;

o) atividade do material pozolânico – NBR 5752.